Aconselhamento Psicológico Parental

Orientamos os pais na desafiante tarefa de educar os filhos, com o objetivo de potenciar competências pessoais e parentais que promovam a melhoria da relação e padrão comunicacional entre as díades (progenitor - descendente).

Pretende-se a transmissão aos progenitores de estratégias comportamentais e emocionais mais ajustadas ao estado desenvolvimental da criança/jovem.

Situações justificativas de Aconselhamento Parental:

• Como lidar com as birras

• Como lidar com os medos

• Como estabelecer limites/regras

• Como ensinar a comunicar e resolver os problemas

• Como ajudar a gerir as suas emoções

• Como ensinar a desenvolver competências

• Como lidar com problemas comuns de comportamento (desobediência, controlo no uso de tecnologias, problemas nas refeições, situações de divórcio, roubos, mentiras, …)


Programa de competências parentais

Programa de intervenção para pais divorciados/separados

Este programa tem como principal objetivo trabalhar a díade parental com o intuito de intervir diretamente nas competências de coparentalidade e, assim, assegurar uma adaptação adequada de todos os elementos da família.

O programa funciona em modalidade de intervenção em grupo ou individual, e engloba 8 sessões, com a duração máxima de 90 minutos cada, e uma periodicidade semanal.


Crianças e Jovens

A infância e a adolescência são etapas desenvolvimentais que importam mudanças nos domínios cognitivo, emocional e comportamental.

É importante atender à existência de padrões de funcionamento que possam comprometer a aquisição de marcadores desenvolvimentais adequados, afetando significativamente o funcionamento global da criança/jovem.

O acompanhamento psicológico abrange situações associadas a:

• Problemas de Desenvolvimento

• Dificuldades de Aprendizagem

• Problemas de adaptação escolar

• Perturbações emocionais

• Perturbações do comportamento (Perturbação de Hiperatividade com Défice de Atenção; Perturbação de Oposição; …)

• Outras perturbações do funcionamento global

A intervenção da psicologia neste âmbito engloba o envolvimento dos encarregados de educação, bem como de outros agentes significativos no contexto de vida da criança e do adolescente, sempre que se achar pertinente.


Adultos e Séniores

O acompanhamento psicológico a adultos e a séniores tem como objetivo promover o bem-estar e ajustamento psicológico e emocional, através do estabelecimento de uma relação terapêutica de confiança.

Áreas de intervenção:

• Problemas de relacionamento interpessoal

• Problemas familiares ou conjugais

• Transições de vida (casamento, gravidez, divórcio, luto, …)

• Perturbações de Humor (Depressão; …)

• Perturbações de Ansiedade (Ansiedade Generalizada; Pânico; Perturbação de Stress Pós-traumático; …)

• Perturbações do Comportamento Alimentar

• Perturbação de Abuso de Substâncias

• Vítimas de Violência (Doméstica, Sexual, Financeira, Psicológica, Física, Perseguição)